Remove these ads. Join the Worldbuilders Guild

Cavaleiros de Samular

Os Cavaleiros do Samular, também conhecidos como a Ordem Sagrada dos Cavaleiros do Samular, eram uma ordem de paladinos a serviço de Tyr, a partir do século 10 CV, que focava na supremacia da lei. Eles eram uma ordem respeitada no Norte, com sua principal base de operações no Salão da Cúpula, no Vale do Dessarin, complementado pelos Salões da Justiça em Waterdeep.   A admissão na ordem é aberta a todos os homens dos Reinos, desde que concluam uma missão e façam um juramento de servir ao Deus Aleijado.

História

Formados em 952 CV após a Segunda Guerra dos Trolls, os Cavaleiros do Samular traçam suas raízes em três irmãos que se tornaram campeões da guerra, Samular Caradoon, Renwick Caradoon e Amphail, o Justo. Ao derrotarem com êxito o cerco de trolls através do uso dos Anéis do Samular e do mecanismo de cerco mágico conhecido como Kezefbane, Amphail e Renwick foram mortos no final da guerra (embora este último se tornasse um archlich nas colinas de Sumber) . Os trolls invasores acabaram sendo derrotados por Samular e seu crescente grupo de paladinos tyrranos. Esses cavaleiros acabariam sendo conhecidos como Cavaleiros do Samular.   Depois de expulsar o senhor da guerra Brunyundar Margaster da fortaleza, os cavaleiros fizeram de Thornhold sua casa capitular. Os Cavaleiros perderam sua sede para os Zhentarim graças à traição de Dag Zoreth. O castelo foi confiscado por Bronwyn Caradoon, que passou a residir com a sobrinha. Isso resultou em um colapso das relações entre os Cavaleiros do Samular e os Harpistas.   Após a perda inicial da fortaleza, os Cavaleiros do Samular se mudaram para o Salão da Cúpula e mantiveram uma força dentro dos Salões da Justiça na cidade de Waterdeep.

Data de Fundação
952
Tipo
Military, Knightly Order
Nomes Alternativos
Ordem Sagrada dos Cavaleiros do Samular
Organização Mãe
Igreja de Tyr
Deities
Territórios Controlados

Remove these ads. Join the Worldbuilders Guild