Remove these ads. Join the Worldbuilders Guild

Mina Perdida de Phandelver

História

Com a queda de Chifre Ascal para os fey’ri em 882 CV, com suspeita de participação humana, e por conseguinte a queda do reino élfico de Earlann e a queda do reino anão de Ammarindar, elfos e anões se espalham pelo Norte. Sobreviventes de Ammarindar dividem-se indo para Oghrann nas Terras Centrais do Ocidente e para o oeste do Norte. Os elfos repopulam a floresta Ardeep e os anões das Colinas Forlorn formam uma aliança com os humanos. O Forte Bloodhand é tomado por Nimoar, vindo a se chamar Forte Nimoar e posteriormente, em 932 CV, Waterdeep. Para desespero dos historiadores, essa nova aliança também é chamada de Reinos Caídos.   Aproximadamente em 900 CV, gnomos, anões e magos humanos fazem o Pacto de Phandelver: a construção da Forja das Magias na mina conhecida como Caverna Eco das Ondas. A produção de armas e armaduras mágicas traz crescimento para a região, em especial para as fazendas de Phandalin.   Com o ataque dos orcs de Uruth Ukrypt em 951 CV, Phandalin é destruída e a localização de Phandelver é perdida.   Em 1488 CV, os irmãos Gundren Rockseeker, Nundro Rockseeker e Tharden Rockseeker redescobrem a localização da Mina Perdida de Phandelver. Sua exploração atrai a atenção do Aranha Negra, que sabota a operação.   A Companhia Aventuresca frustra os planos do elfo negro de controlar a Mina e a Forja das Magias. Os irmãos sobreviventes, Gundren e Nundro, colocam a mina de Phandelver novamente em operação, atraindo mais atenção para a vila de Phandalin.

RUINED STRUCTURE
951
Tipo
Mine
Subterritório de
Caverna Eco das Ondas
Proprietário
Gundren Rockseeker
Relatórios Relacionados (Locais Secundários)

Remove these ads. Join the Worldbuilders Guild