Remove these ads. Join the Worldbuilders Guild

A Garra

Summary

Esta mão esquelética, voadora e sem corpo tem ossos negros e quatro dedos longos e afiados: três dedos acima e um “polegar” mais grosso embaixo. Ela dá rasantes, os dedos adiante, em torno dos cantos e para fora das portas ou na escuridão à frente, bem contra o rosto de alguém – mas embora tenha feito muitos caírem ou se machucarem enquanto tentam tomar ações mais evasivas ou apenas tentam fugir, ela raramente toca em alguém, e nunca se soube que tenha estrangulado alguém.   O que muitas vezes ela faz é arrancar e puxar mapas, adagas, frascos e outros objetos pequenos, tentando tirá-los dos vivos. Se for atingida por uma lâmina, A Garra tentará cutucar os globos oculares do atacante com suas gatázias ou perturbar algo que possa cair sobre eles.   Um certo castelão de um castelo no norte de Tethyr jura que três cavaleiros foram mortos empalados quando uma porta levadiça caiu acidentalmente, são vítimas d’A Garra, que não soltou uma, mas duas cordas de segurança que mantinha a porta levantada, em uma sala trancado e vazia de pessoas, que tinha portinholas de visão nas paredes que somente A Garra, porém nenhum humano, poderia atravessar.   As origens d’A Garra foram descritas de muitas formas sangrentas e vívidas – e também muito diferentes – ao longo dos séculos, mas tudo o que se pode dizer com certeza é que ela é muito antiga, voa grandes distâncias e raramente “assombra” o mesmo lugar por muito tempo (embora ela retorne às masmorras, ruínas e edifícios em desuso aparentemente favoritas). Se confinada em um baú, quarto sem rachaduras ou outra “prisão segura”, ela desaparecerá… somente para reaparecer em outro lugar.   A maioria dos antigos contos sobre A Garra dizem que ela é a mão/pata decepada de uma criatura monstruosa que estava sob um encantamento no momento da separação (e geralmente é dito que isso foi feito por aventureiros ou heróis reais, em uma batalha contra a tal fera), e que ela não descansará até que todo descendente de sangue de todos que a feriram estejam mortos. Muitas lendas acreditam que A Garra caça essas pessoas e pode “farejá-las”, independentemente de qualquer disfarce que possam estar usando, sempre que chegar perto delas.


Remove these ads. Join the Worldbuilders Guild