BUILD YOUR OWN WORLD Like what you see? Become the Master of your own Universe!

Remove these ads. Join the Worldbuilders Guild

Tian Xia Como Tigres e Dragões

Abadius, 14710 AR

Criado por

O continente de Tian Xia é um lugar estranho e exótico para os visitantes do oeste. Aqui, os humanos convivem com pessoas raposas e pássaros, a honra é uma força quase palpável capaz de decidir o destino das nações, e qualquer pedra ou arbusto à beira da estrada pode esconder um espírito guardião ferozmente protetor. Mas uma das maiores diferenças entre Tian Xia e o resto do mundo é a maneira como os dragões interagem com as pessoas da terra.
  No caso de Tian Xia. Aqui, os dragões que habitam a terra não são os metálicos reclusos, cromáticos assassinos ou primais imparciais. Os dragões dessas terras são conhecidos como dragões imperiais, criaturas inexoravelmente ligadas ao equilíbrio entre natureza e civilização, ancestrais e descendentes, heróis e vilões. Eles não evitam a humanidade – eles a abraçam. De fato, vários dos deuses mais comuns de Tian Xia podem ser dragões. Mas mesmo que essas divindades simplesmente prefiram a forma dracônica, o ponto permanece o mesmo.
  Em Tian Xia, os dragões servem como governantes, conselheiros e deuses. As cinco famílias imperiais de Minkai receberam o direito divino de governar pela deusa Shizuru em seu disfarce dracônico. A nação de Quain depende da ajuda mágica concedida pelo poderoso Dragão Celestial – ajuda muito cobiçada por seus vizinhos Lingshen e Po Li. E em Xa Hoi, o povo é governado por um dragão imperial soberano em forma humana. Por essas e outras razões, as terras de Tian Xia são conhecidas há muito tempo como os Impérios dos Dragões.
  Há 2000 anos, 3000 portões dimensionais foram abertos em todo o mundo. Naquele momento, era como se os 3000 olhos coloridos diferentes se abrissem em todo o mundo enquanto hordas de monstros pululavam para fora desses portões como lágrimas.
  Alguns poderiam destruir as muralhas da cidade com um ataque; Eles tinham corpos do tamanho de um gigante e se alimentavam com seres humanos. Alguns aprisionam os seres humanos, absorvendo os nutrientes de seus corpos e escravizando humanos. Alguns se infiltraram nas cidades dos seres humanos, disfarçando-se como seres humanos normais enquanto se alimentavam de sangue humano para se sustentarem.
  Numa noite, a raça humana caiu no fundo da cadeia alimentar. O mundo se transformou em um paraíso para monstros…
  Impérios caíram e outros se formaram com o passar do tempo, porém o mundo já havia mudado, pois a Era do Cultivo já havia se instaurado, os humanos finalmente haviam descoberto como recuperar a terra que um dia lhes pertenceu, porém nem todos tem desejos e objetivos tão nobres.